A Sociedade Literária do Morro do Castelo foi fundada em agosto de 2019 para fomentar a pesquisa interdisciplinar e historicamente abrangente em Literatura Brasileira em seu contexto histórico, social e cultural, incluindo todos os períodos e gêneros de escrita e representação que remetam, descrevam ou sejam inspirados por questões de Estudos Brasileiros.

A Sociedade Literária do Morro do Castelo surgiu do esforço de quatro escritores, professores universitários, que sentiam a necessidade de estabelecer um ponto focal para a discussão e produção de uma literatura autóctone e representativa do Brasil em seus aspectos sociais e culturais. Os quatro membros fundadores trabalham constantemente na escrita e publicação de suas obras literárias. Durante o processo de escrita da obra, suas produções são discutidas em encontros nos quais os outros membros comentam, propõem e colaboram. Anualmente, o grupo produz sua própria antologia de contos sobre algum tema de interesse dos quatro. A primeira obra publicada por estes é a antologia de contos intitulada Morro de Saudades: quatro caminhos para o Morro do Castelo. Nesta coleção se debate a questão do lugar da memória e do não-lugar promovidos pela ausência, em uma crítica ao processo de demolição e destruição de marcos históricos e fundadores da Cidade do Rio de Janeiro. 

Estamos comprometidos com o incentivo e produção de pesquisa sobre Literatura Brasileira e Literatura sobre o Brasil em suas representações culturais, dentro das universidades e além. Adicionalmente à produção de obras literárias, seus membros atuam intensamente no meio acadêmico produzindo artigos, comunicações, realizando palestras e eventos com aderência aos temas centrais da vida cultural, social e política do Brasil.